quarta-feira, março 23, 2005

Urgentemente!


Posted by Hello
É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Este,é um dos meus poemas(sempre foi!)adoro,sou muito assim...foi quase sempre possível não se ver,de fora,por dentro... simples não é?
girassol

8:34 da tarde  
Blogger ringthane said...

Este tb tá lá.

10:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Number of online users in last 3 minutes


referer referrer referers referrers http_referer

Locations of visitors to this page